Dicas de Saúde e leitura


Fim

Estrófulo (Alergia a picada de inseto)

Estrófulo (Alergia a picada de inseto)


Autor(s): Copyright Dermaclínica 2015. Todos os direitos reservados
Data de publicação: 06 / 03 / 2019

 

Estrófulo (Alergia a picada de inseto)

 

Estrófulo (Alergia a picada de inseto)

Causa

É uma reação alérgica comum nas crianças onde ocorre uma resposta exagerada do organismo em resposta à picadas de insetos. São mais comuns nas crianças de perfil alérgico , que apresentam rinite, bronquite, asma ou dermatite atópica.
 

Sintomas

Surgem inúmeras lesões na pele, que lembram picada de inseto. Elas coçam bastante e às vezes ficam bastante inchadas e avermelhadas, principalmente em locais de pele mais delicada, como pálpebras e orelhas.
 

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser confirmado pelo dermatologista visualmente, sem a necessidade de qualquer tipo de exame.
 

Tratamento

Como se trata de uma reação alérgica, de origem “interna”, os produtos de aplicação tópica são pouco eficazes. O ideal é usar alguma medicação antialérgica, por via oral.
Usar algum creme contendo antibiótico pode ser necessário  para evitar infecção das lesões foram coçadas e ficaram feridas.
É importante pensar na prevenção da doença, já que não existe cura para o problema e ele tende a desaparecer com a idade. Preventivamente pode-se usar vários métodos para evitar picadas de inseto, como mosquiteiros e repelentes. Também é possível usar antialérgicos logo no início da reação, para diminuir sua intensidade.
 

Curiosidades

  •  É comum ocorrer infecção das lesões escoriadas (impetigo).
  •  Praticamente qualquer inseto pode desencadear estrófulo, mas os mais comuns são as pulgas e os pernilongos.