Dicas de Saúde e leitura


Fim

Acidentes com Pipas


Autor(s): Drª EFIGÊNIA VANDA DE JESUS
Data de publicação: 07 / 03 / 2019


 

1. Os mais comuns seriam os ferimentos leves, provocados pelo cerol. No entanto, podem variar desde pequenos machucados até amputações e em casos, mais graves, provocar a morte, principalmente por quedas e traumatismos diversos. 
Estima-se que 10 a 20% de ocorrências de internação seriam devidos as acidentes, quedas e traumatismos, inclusive queimaduras e atropelamentos, nesse período de férias de verão, quando as brincadeiras são fora de casa, nas ruas.

2. Procurar manter atenção redobrada nas atividades, pois acidentes podem e devem ser prevenidos, desde cuidados com a alimentação, ingestão de líquidos, exposição excessiva ao sol, até quedas, afogamentos e atropelamentos.

3. O cerol por ser uma mistura de cola e vidro moído aplicado nas linhas de pipas, tem seu uso proibido por causar ferimentos e até a morte tanto para a própria criança que o está manuseando até por quem não tem nada a ver com a brincadeira, que porventura esteja passando no momento, como ciclistas, pedestres, motociclistas.

4. O que deveria ser apenas uma brincadeira, pode se tornar muito perigoso, portanto não se deve insistir em usá-lo.

5. Nestes dias, há maior risco de descargas elétricas; portanto, nada de pipas em dias com chuvas ou relâmpagos. O raio quase sempre é fatal, devido a grande descarga elétrica, provocando graves queimaduras. Portanto, pipas só em locaias abertos, como parques e campos de futebol. Nada de ruas, lajes ou telhados, ok?